HOME

TRINTA E UM ANOS DE JORNADAS DO DOGI SANTA CASA 

Em 2017, estamos comemorando mais um aniversário da pioneira e já tradicional Jornada de Ginecologia e Obstetrícia dentre todas as instituições acadêmicas brasileiras. Por isso, é com grande júbilo que festejemos 31 anos de excelência na contribuição das Jornadas da Santa Casa no tão importante processo de educação continuada para os tocoginecologistas brasileiros.
Tanto é verdade, que o conceito, disseminado das nossas Jornadas inclui uma competente capacidade de organização aliada a uma bem planejada e atualizada programação cientifica, ingredientes esses que as consagraram como um evento cientifico de tanta credibilidade, que desta forma as tornaram uma verdadeira grife de educação e informação em Ginecologia e Obstetrícia. Esse conceito só foi possível de ser conquistado e, especialmente de ser mantido desde seus primórdios de sua existência, graças ao seu propósito maior, que é o de atualizar e que naquela época foi por nós expresso em uma frase inédita: “as Jornadas de GO da Santa Casa procurarão sempre responder com clareza às dúvidas do dia-a-dia do consultório dos médicos gineco-obstetras”.
E com esse propósito as Comissões Cientifica e Executiva vem se aperfeiçoando nessas três décadas sempre na busca da qualidade organizacional e na elaboração de uma programação cientifica inovadora.
Neste ano, não será diferente!
O tema oficial de 2017 confirma essa continua busca e expressa muito bem o já conhecido e consagrado fenótipo das Jornadas do DOGI Santa Casa: “Das evidências à prática: perguntas e respostas do nosso dia a dia”.
Tenho a certeza que mais uma vez a programação cientifica fará a diferença. Novamente serão incluídos temas de relevância para a prática de consultório, ministrados por experientes Professores convidados e sob uma estratégica coordenação das sessões, que cumprirão o que os nossos participantes sempre nos solicitam: um tempo rigidamente adequado para as discussões.
Parabenizo a todos os envolvidos nessa longa trajetória das nossas Jornadas desde seus idealizadores até aos dedicados e competentes colegas integrantes das Comissões Executiva e Cientifica, responsáveis pelo êxito sustentável por mais de três décadas de sucesso.
Convido, pois, todos a participarem dessa festa científica de atualização que tanto contribuí no atendimento à saúde da mulher.
E, apesar do nome “Jornadas do DOGI Santa Casa”, tenho que admitir que elas já não mais nos pertencem com exclusividade, pois seus “cativos participantes” constantemente comentam: “as Jornadas da Santa representam um patrimônio de atualização em GO de todos nós”.

Carinhosamente,
Professor Aldrighi
Titular e Diretor do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia (DOGI)